Crónicas do coração

Angelina Jolie
Angelina Jolie

Um dia destes assisti a uma palestra sobre o holocausto. O orador contou uma história de um judeu que não perdoou um cristão no seu leito de morte e perguntou à plateia: você perdoaria? Você perdoaria alguém que lhe causou mágoa? Pensei em ti e a a minha resposta interior foi não.  Não te consigo perdoar. Numa dimensão muito menor, senti-me como as vítimas do holocausto, ou melhor, consegui perceber o porquê de não perdoarem quem lhes fez mal porque ver a nossa vida  destruída, não conseguirmos apagar a dor diária que nos acompanha, tornar-nos piores pessoas por causa do sofrimento que outros nos causaram, sem justificação, sem qualquer razão, só porque sim.

Por isso não te perdoo. Não mereces qualquer tipo de bondade minha. Ao esquecer o que me fizeste estaria a ser bondosa contigo. E não quero. Há coisas que não se querem esquecer para que não voltemos a cair nelas. Sei que isto me faz mal, consome-me, mas para já sinto que me faz bem -bela incongruência.

Dei por mim a fazer o exercício de me imaginar velha e tu a pedires-me perdão. A minha resposta manteve-se. Não, não te perdoo. E ver a tua súplica e o teu desespero no rosto por não te perdoar fizeram-me sorrir. Consegues perceber o quanto me magoaste?

Anúncios

3 Replies to “Crónicas do coração”

  1. Oi,
    puxa, é quase uma heresia comentar esse téte-a-tete com …
    Mas creio que é meu dever, como tua amiga, me meter…. acho que tudo é muito recente, a ferida ainda tá aberta, mas vai sarar, queiramos ou não e a dor vai diminuir, queiramos ou não.
    Hoje aqui no Brasil estão todos desesperados porque um cantos jovem, sertanejo, com um futuro promissor morreu num acidente de trânsito, o pai dele inclusive disse que não sabe porque Deus permitiu que isso acontecesse. Então comecei a pensar, como somos pequenos diante da morte, daquela ausência total de quem amamos ou de quem odiamos.
    Sabe a quem interessa nossa morte? A nós mesmos. O que será de nós? Cada um tem sua crença, ou religião, mas lá no incerto dia, na incerta hora, certo mesmo é que será só conosco.
    Quero ter a mínima idéia de que tentei, não sei se vou conseguir tudo a que propus em vida, mas quero tentar ser tudo o que sempre pensei ser o necessário para ter minha vida eterna.
    Não precisa nem publicar esse comentário, fica como uma conversa entre amigas. Só quero que cuide de sua alma, alimente sua fé, busque a Deus não nos templos, nos grandes oradores, nas místicas religiões, tudo o que precisamos saber está na Bíblia, use-a para se enriquecer daquilo que caberá só a você.
    Fica meu amor por você.

    Salmo 1

    Mila

    Gostar

  2. Eu entendo-te bem. Embora não tenha passado por algo parecido, sei bem o que é sentir raiva, mágoa, por algo que me fizeram e que muito me prejudicou. Foi de tal forma sério, que me mudou. Por isso ainda hoje digo que não consigo perdoar a essas pessoas. E isso anda aqui a moer dentro… Talvez um dia consiga. Talvez. E espero bem que sim. Para sentir livre, em paz. E ser superior a gente sem carácter.

    Beijo grande no ♥

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s